365movie.info

Fotos do parque beto carrero

Закрыть ... [X]

THAISPACHECO 04/05/2017

Desde que o Dólar aumentou muito em relação ao Real nos últimos anos virou quase uma piada dizer que agora os pais de classe média precisariam trocar a Disney pelo Beto Carrero. Pois eu acho que foi uma bela oportunidade de os brasileiros descobrirem um dos melhores parques temáticos do mundo. Bem aqui debaixo do nosso nariz, não precisa nem de visto!

Apesar de ter lido muitos resumos e avaliações na internet ainda fiquei com muitas dúvidas antes de ir. Existem diversos posts por aí falando sobre os brinquedos, os shows e outras dicas bem legais, então vou focar no que realmente foi mais difícil de encontrar. Dúvidas que só consegui tirar quando cheguei lá e agora vou dividir com vocês, caros leitores!

Para começo de conversa, a nossa turma tinha 5 adultos, 2 idosos e uma criança de 4 anos. Essa diversidade de idades acabou definindo muitas coisas na viagem, como por exemplo optar por alugar carros pelo conforto. Outro ponto importante é que o foco era realmente o parque, e não Balneário Camboriú ou outras cidades próximas.

Então vamos lá!

Comparação com a Disney

Não há como evitar a comparação, afinal o brasileiro está acostumado a ligar parques temáticos aos de Orlando. Preciso dizer que o Beto Carrero não é a Disney! Até porque em Orlando há dezenas de parques da Disney, da Universal e diversos outros e o parque do Beto Carrero é um só. Por outro lado a estrutura do parque se parece muito com os parques que conhecemos.

Ele é dividido por áreas temáticas, desde os brinquedos para os pequenos até os mais radicais. Também tem o mesmo esquema de shows dos personagens com horários marcados nos auditórios e aparições deles em algumas horas do dia para fotos. E são super pontuais!

Personagens no Beto CarreroEsperando o Shrek aparecer

Personagens no Beto Carrero

Até mesmo as lojinhas e fotos para comprar ao final dos principais brinquedos funcionam da mesma forma que os parques de Orlando.

Mas vale a pena ir ao sul do país para encarar essa aventura nova? Claro que vale! Uma viagem não substitui a outra, e a visita ao parque brasileiro pode ser combinada com Balneário Camboriú, Florianópolis, Blumenau etc. Só isso já faz a passagem valer a pena!

Quer saber um outro destino no Brasil que vale muito a pena para ir com crianças ou não? A Serra Gaúcha! Aqui no blog falamos sobre os pontos turísticos de Gramado e região aqui e sobre a região das vinícolas e os Caminhos de Pedra de Bento Gonçalves .

Funcionamento do parque

Nos meses de férias, normalmente Julho, Novembro, Dezembro e Janeiro, além de semanas de feriados, o parque funciona todos os dias da semana. Fora de temporada é de quinta a domingo. O horário normal é com abertura às 9h e encerramento às 18h, sendo o fechamento total dos portões às 19h30. A bilheteria abre às 8h30.

Precisa de ingressos para o parque? Clique e garanta seu passaporte com a TourON!

Estacionamento

No parque há um estacionamento bem grande e organizado que cobra cerca de R$ 40,00 por dia. Como mostro no mapa abaixo, nas ruas bem em frente ao parque há diversos estacionamentos com guardadores que cobram entre R$ 10,00 e R$ 20,00 dependendo do dia da semana e da lotação. Eles organizam com recibos e ficam abertos até o horário de fechamento do parque. Estávamos em 2 carros e fomos 3 dias ao parque, então achamos que valeu a pena parar nesses estacionamentos externos.

O único ponto de atenção é que é necessário atravessar a rodovia e não tem passarela, semáforo ou qualquer facilidade ao pedestre. Não é difícil atravessar, pois os carros não passam tão rápido por ali, mas dependendo da quantidade de crianças não é o ideal.

Mapa entrada do parque Beto Carrero

Onde comer no parque

Há dezenas de opções de alimentação no parque do Beto Carrero. A maioria delas é de lanchonetes, sorveterias e lojinhas de guloseimas. Mas também há restaurantes à la carte, buffet livre, comida à quilo e fast food.

Não há bebedouros e teoricamente você não pode levar comida e bebida para lá. Mas ninguém vai te parar se você tiver uma garrafinha de água e um biscoito na mochila, principalmente com crianças. Eu não vi revistarem ninguém, mas o bom senso nessa hora deve prevalecer.

A maior parte dos restaurantes e lanchonetes fica em uma praça de alimentação bem perto da entrada do parque. No meio da praça fica um carrossel veneziano lindíssimo! Vale a pena entrar mesmo se não for comer por lá.

Os preços dos restaurantes são meio tabelados. No geral os restaurantes a peso custam aproximadamente (em 2017) R$ 70,00 o quilo. Os de buffet livre R$ 40,00 adultos e R$ 20,00 crianças. A garrafinha de água custa R$ 5,00. E há lanches para todos os gostos e bolsos, mas obviamente tudo lá dentro é mais caro do que a média de fora.

Achamos que o restaurante Açores de comida a quilo era o mais interessante na praça, com mais opções e um tempero bem gostoso.

Uma dica boa é chegar cedo ao parque e se preparar para almoçar cedo, por volta de 12 horas se o parque estiver cheio. Isso porque a praça é como de shopping center. Em horários de pico, quando você acha uma mesa vaga, está imunda e cheia de bandejas e comida. A diferença que notamos da quarta-feira para o sábado na Semana Santa foi gritante.

Também repetimos algumas vezes paletas, sorvetes e shakes de uma sorveteria perto área onde há aparições da turma do Betinho Carrero. Não me lembro o nome e nem consigo achar em lugar nenhum! Mas é fácil de achar: no mapa do site é bem perto do “ponto de encontro”.

Atrações na área do zoológico

Quase fomos embora sem ver algumas atrações bem legais na área do zoológico, isso indo 3 dias! Então é bom avisar para não passar despercebido, pois as entradas são meio escondidas. Há um lago cheio de patos, gansos e outras aves, por onde atravessamos por uma ponte (que balança bastante!) para chegar ao Jardim Secreto com alguns animais como leões. Há uma outra passagem para o Mundo Mágico das Aves que é lindo e tem uma passeio bem bobinho de trem que dura 5 minutos.

Eu não amo zoológicos pois morro de dó dos animais naquele espaço confinado. Mas teoricamente eles vem de circos ou outras situações de risco e não podem mais viver livres.

Atrações pagas

Bom, essa parte me deixou um pouco incomodada no parque. Havia muitas atrações pagas à parte, e não eram baratas!

Entendo ter algum show como o Excalibur que seja pago à parte ou algumas coisas específicas como corrida de kart. Mas encontramos diversos brinquedos simples, infláveis, como de parques itinerantes de interior, que cobravam algumas vezes R$ 25,00 por 5 minutos. Considerando que o passaporte para 1 dia fora em baixa temporada é cerca de R$ 100,00, achei bem caro.

E isso com crianças que ainda não entendem que algumas atrações são pagas e outras não pode gerar um estresse. É bom se preparar se não quiser gastar o preço de mais um ingresso só em besteiras.

Fast pass e single rider

Assim como nos parques de Orlando, o Beto Carrero também tem a opção de comprar o Fast Pass, que é um passe especial para “furar” a fila dos brinquedos mais concorridos. Se você for ao parque um dia só e no final de semana talvez essa compra seja interessante. Alguns brinquedos bem legais chegam a ter filas de 2 horas em dias mais cheios. Hoje ele custa R$ 84,00 e pode ser comprado pela internet ou na bilheteria.

Se você não se importa em ser “encaixado” com outras pessoas no brinquedo, se separando do resto da sua turma, alguns brinquedos tem a opção de entrar como single rider. Você entra numa fila especial e é encaixado nas vagas que sobram. É bem mais rápido!

Dicas para pegar menos filas

Mesmo sem Fast Pass é possível se organizar para pegar filas menores. Uma delas é aproveitar os horários onde há aglomerações de pessoas em outros lugares em horários específicos. Isso vale para a hora do almoço e horários de grandes shows como Velozes e Furiosos e Madagascar. Claro que se você não tiver assistido os shows e não tiver outro dia no parque, vale a pena ver.

No final do dia as filas também diminuem, pois muitos não aguentam passar o dia todo e vão embora no meio da tarde.

E uma regra geral é: se puder evitar finais de semana, principalmente em semana de feriados, é bem melhor! Até turistas de países vizinhos aparecem por lá, e eles são muitos!

Outros extras

Há alguns opcionais para venda que garantem o seu lugar em shows durante o dia. Eles custam R$ 25,00 por pessoa por show. Sinceramente não acho que valha a pena. Se for em um dia comum, chegando 10 minutos antes você consegue lugar (se quiser um bom lugar no meio do teatro é melhor uns 30 minutos de antecedência). Se for um dia cheio, melhor chegar 30 minutos antes.

Nos dias de maior movimento também são disponibilizados mais horários de apresentações, então se perder uma, garanta a próxima.

Show no Beto CarreroShow do Madagascar

Promoções

Fora de temporada fique de olho no site do Beto Carrero! Há diversas promoções como comprar um ingresso e ganhar outro, promoções para grupos, aniversariantes, datas especiais como dia das mães…

No nosso caso compramos ingressos para 2 dias e logo depois surgiu uma promoção para o mês de Abril, onde comprando 1 ingresso você ganhava mais 1. Na bilheteria informamos a situação e ganhamos mais um ingresso, que acabamos aproveitando metade de um dia para repetir algumas atrações.

Como chegar

Para chegar ao parque ou a qualquer cidade próxima a ele onde você vá se hospedar o aeroporto mais próximo é o de Navegantes. O aeroporto é bem pequeno mas tem voos todos os dias vindo, principalmente, das grandes capitais. Do Rio de Janeiro não encontrei voos diretos, todos que encontrei tinham conexão em São Paulo.

Apesar de pequeno, há grandes locadoras de carros, taxis e restaurantes no local.

De lá você pode optar por pagar um transfer até o seu hotel ou alugar um carro. Esta última foi a nossa opção para poder ter mais liberdade de horários e maior conforto com idosos e criança.

Você pode alugar seu carro encontrando o melhor preço na RentalCars.com através deste !

Onde ficar

Geralmente os turistas se dividem em duas opções para visitar o parque: se hospedar em Penha, cidade onde fica o parque, ou em Balneário Camboriú que fica a 35 km de lá.



Veja as vantagens e desvantagens de cada um.

Penha

A cidade de Penha é bem pequena e tem menos opções de pousadas, em geral mais simples. Há muitas casas para alugar por temporada, inclusive no Airbnb, que foi a nossa opção por estarmos em família e em número médio de pessoas.

Por ser uma cidade pequena não tem tantas opções de transporte, restaurantes e outras atividades. Os restaurantes fora de temporada só abrem de quarta a noite à domingo, visto que o movimento da cidade é gerado pelo parque.

A grande vantagem é não ter que encarar a estrada antes e depois de um dia cansativo no parque, ainda mais com crianças. Em alta temporada o trecho entre Penha e Balneário pode ficar bem congestionado.

Você pode alugar um carro para ficar mais livre, conseguir o contato de motoristas ou agências que fazem o transporte para o parque. Apesar de ter visto algumas coisas sobre transporte público, eu não me lembro de ver nenhum ônibus na cidade, então não sei se vale a pena arriscar e passar horas no ponto.

Outra opção para não precisar de nada disso é ficar em alguma das pousadas bem pertinho do parque. Aí dá para ir à pé.

Se desejar reservar um hotel confiável em Penha com muita praticidade, acesse esse do site parceiro Booking.com

Balneário Camboriú

Essa cidade é bem maior e com uma infraestrutura turística bem melhor que Penha. Tem vários hotéis, restaurantes, shoppings e funciona melhor durante todos os dias da semana.

Da mesma forma é possível ir de carro até o parque ou contratar algum serviço de receptivo que te leve até lá. Acho que a maioria das pessoas opta por ficar em Balneário e escolhe 1 ou 2 dias para visitar o parque, indo e voltando no mesmo dia.

Se desejar reservar um hotel confiável em Balneário Camboriú com muita praticidade, acesse esse do site parceiro Booking.com

Precisa de transfer ida e volta de Balneário Camboriú para o Beto Carrero? Clique e garanta o seu com a TourOn!

Praias

As duas cidades são no litoral de Santa Catarina, ou seja, têm praias. Se quiser aproveitar algum dia para relaxar ao som do mar é preciso saber que, mais uma vez, Balneário ganha de Penha no quesito estrutura. Na primeira cidade a praia principal é bem bonita, limpa e tem várias barracas e restaurantes. Além de outras praias mais afastadas.

Que tal um City Tour para aproveitar Balneário Camboriú? Clique e garanta o seu com a TourOn!

Balneário Camboriú

Já na segunda, apesar de praias bem bonitas, não tem praticamente estrutura nenhuma e são bem mal cuidadas. Algumas partes até com, aparentemente, esgoto sendo jogado diretamente na orla. Até conseguimos aproveitar algumas horas, mas sem grande conforto.

Praia em Penha: Bonita, mas mal cuidada.

Será que você tem mais alguma dúvida de que vale a pena ir ao Beto Carrero World?

Bônus: você vai passar alguns dias cantando o reggae do Betinho Carrero depois da volta! 😉

Para mais informações acesse o do parque Beto Carrero World.


Leitura focada





ШОКИРУЮЩИЕ НОВОСТИ



Related News


Jarabacoa republica dominicana fotos
Fotos de los bebes de aracely arambula
Fotos de luly salazar
Fotos de la guerra civil de estados unidos
Por do sol fotos grandes
Fotos da boneca polly pocket